Envíanos un email a discernir@discernir.info Síguenos en Facebook Suscríbete a nuestro canal de YouTube Síguenos en Twitter Arriba
"Y enseñarán a mi pueblo a hacer diferencia entre lo santo y lo profano, y les enseñarán a discernir entre lo limpio y lo no limpio. "(Ez. 44:23)
Artículos
Aquilo que Muitos Cristãos Não EntenderamLeer artículo en españolLer em Português
Lo Que Muchos Cristianos No Han Entendido

Paganismo é adorar falsos deuses que não têm nada a ver com Jeová, o Criador de todas as coisas. No paganismo, as pessoas são ensinadas a oferecer rituais e esforçar-se com suas obras a fim de alcançar o favor do falso deus. Todas as religiões são prática de paganismo e, portanto, não têm nada a ver com Deus.

A famosa fábula do "gênio da lâmpada" baseia-se nessa ideia de "obras para conseguir favor". A pessoa encontra uma lâmpada, esfrega-a (obras) e obtém favores (bênçãos) do gênio (falso deus).

Quando entendemos que pecamos, infringindo a lei de Deus, que não podemos pagar por nossos pecados, E CREMOS que Jesus o fez por nós, Deus nos faz "nascer de novo", transportando-nos a Seu Reino e fazendo-nos Seus filhos (Cl. 1:12-14, Jn. 1:12)

Depois vem algo que demoramos muito em entender. Recebemos Jesus como nosso Salvador e rapidamente aprendemos que "O Senhor é meu pastor, nada me faltará.". Acima de tudo ficamos com o de "nada me faltará".

Aplicamos então a estória do gênio da lâmpada. Interpretamos, ajudados por tantas falsas doutrinas de uma suposta "prosperidade" não Bíblica, que Jesus é como o "gênio da lâmpada" e que tem a obrigação de nos dar o que quisermos.

Recebemos Jesus como nosso Salvador porque livrar-se do castigo eterno é muito bom. Sobretudo considerando que não temos que nos esforçar para isso. Mas esquecemos da outra parte, que é a outra diferença fundamental entre Jesus e os falsos deuses.

Entramos na dinâmica de "Senhor, abençoa-me". Por "abençoa-me" logicamente está o que nós consideramos que seja "bênção". E se nos falha, nos decepcionamos com Ele e lhe viramos as costas. Nós nos zangamos com o "novo gênio da lâmpada" porque não fez o que lhe pedimos, embora "tenhamos direito porque somos filhos de Deus".

Assim vem a apostasia, que é abandonar a fé em Jesus. Quando alguém troca de religião, não acontece nada, porque todas as religiões são caminhos iguais que não levam a Deus. Mas, quando se conhece Jesus e depois se vira as costas para ele, a coisa muda radicalmente.

Jesus o caminho, não um caminho entre muitos. Só Jesus pode nos fazer chegar ao Pai. (Jn. 14:6)

Portanto, se abandonamos Jesus, não temos nenhum lugar aonde ir. Isso é apostatar: uma decisão que nos leva direto para as garras de satanás. Por esse motivo a apostasia dará lugar ao surgimento do Anticristo.

Onde está o erro?

Os falsos ministros ensinaram conceitos errados do quê é "bênção", "prosperidade", "unção", etc.. Com isso, estimularam na mente das pessoas a ideia de que Jesus é um "gênio da lâmpada" ao qual, se dermos o dízimo de acordo com o que queremos receber, estará obrigado a dar-nos o que corresponde ao tal dízimo.

Isso é o que muitos cristãos não entenderam: Jesus NAO é o "gênio da lâmpada" e não está obrigado a dar-nos NADA.

Vejamos Quem diz a Bíblia que é Jesus.

  • Jesus é o princípio e o fim de todas as coisas.
  • Tudo tem origem nele e aponta a Ele.
  • Tudo foi feito por Ele e para Ele.
  • Ele foi quem criou todas as coisas.
  • Tudo subsiste pelo poder da Sua Palavra.
  • Jesus está sentado à direita de Deus Pai e TODO o poder lhe foi dado no céu e na terra.
  • O Pai sujeitou a Ele todas as coisas.
  • Ante Ele dobrar-se-á TODO joelho e confessará que Ele é o Senhor.
  • Os anjos se prostram e o adoram e só Ele pode abrir os selos do Livro.
  • Ele e só Ele conquistou a vitória sobre o pecado e a morte por Seu sacrifício na cruz e só Ele é a cabeça da Igreja.
  • Ele é o nosso Sumo Sacerdote; é o único nome pelo qual o homem pode ser salvo.
  • Ele exibiu publicamente o inimigo, tendo-o despojado de suas armas.
  • ELE é a razão de todas as coisas e A verdade e A vida.
  • Ele é Deus Todo Poderoso.

Enquanto não aprendamos que Jesus é o centro de todas as coisas, continuaremos praticando religião e, portanto, enganando-nos a nós mesmos. Continuamos procurando nele o Salvador, mas ignorando ao Senhor. Enquanto não honrarmos Jesus como Quem é, continuaremos na miséria da religião.

Por favor, não leia estes versículos de forma superficial. Medite em cada um, ainda que seja meditando durante dias ou semanas. Descubra Jesus em cada um deles e mastigue-os até que o Espírito Santo os transforme em vida em seu interior. Não se trata de consumir muito texto e encher a cabeça, senão de deixar que Jesus encha seu espírito de Sua Pessoa.

Ap. 22:13, Rm. 11:36, Cl. 1:15-19, Hb. 10:12-13, Mt. 28:18, 1 Co. 15:27-28, Fi. 2:9-11, Ap. 4 y 5, Ap. 5:4-6, Cl. 1:17-19, Hb. 1-10, Cl. 2:14-15, Jn. 14:6, Hb. 3:4, Rm 9:5-6 y 1 Tm. 3:16

Recomende esta páginaLer a Política de Cookies e Privacidade


Quer receber uma cópia do e-mail? Sim Não

Ir a la Hemeroteca